Calcular a Pegada Ecológica

Calcular a sua própria pegada ecológica é bastante complicado. A boa notícia é que existem calculadoras que podem calcular a sua pegada ecológica com base em perguntas simples.

Quando você come, dirige um carro ou liga seu ar condicionado, durante todo o dia você consome recursos que precisam ser cultivados na terra. Se você calcular sua pegada ecológica, você pode descobrir quanta terra é necessária para cultivar seus recursos consumidos. Depois, pode comparar a sua com a pegada média que a Terra proporciona a todos. Isto porque a Terra tem recursos limitados (os especialistas falam de biocapacidade limitada). Desta forma, você pode descobrir se você consome muitos recursos.

De acordo com a ciência, a pegada ecológica máxima é atualmente de 1,8 hectares globais (gha) por pessoa. Por outro lado, a pegada média real a nível mundial é de 2,7 gha. Por conseguinte, consumimos mais recursos do que os que a Terra pode fornecer. “Earth Overshoot Day” também é calculado a partir destes dois valores. Este é o dia em que a capacidade anual da Terra é esgotada. Em 2018, o Dia de Excesso da Terra já foi alcançado no dia 1º de agosto. Portanto, a humanidade precisa hoje de 1,5 planetas para manter o seu padrão de consumo, o que coloca a biocapacidade planetária em grande risco.

A pegada ecológica brasileira é de 2,9 hectares globais por habitante, o que significa que o consumo médio de recursos ecológicos pelos brasileiros está muito próximo da pegada ecológica média global. No entanto, essa média oculta o fato de que o consumo de recursos no Brasil está distribuído de forma muito desigual:

Um estudo realizado pelo WWF-Brasil em colaboração com os governos do estado e da cidade de São Paulo foi apresentado no dia 13 de junho, durante a Rio+20 em 2012. O estudo mostra que a pegada ecológica média dos moradores do estado de São Paulo é de 3,52 hectares globais por pessoa, enquanto para os moradores da cidade de São Paulo é de 4,38 hectares globais. Isto significa que se todos no mundo consumissem como os paulistas, eles precisariam de dois planetas para manter seu estilo de vida, e se todos vivessem como os paulistanos, seriam necessários 2,5 planetas. Comparada à média brasileira, a Pegada Ecológica da cidade de São Paulo é 49% maior e 25% maior que a do estado de São Paulo. A Pegada do estado, por sua vez, é 20% maior do que a média brasileira, que é de 2,93 hectares globais por pessoa (equivalente a 1,6 planetas a nível global). O tamanho médio da pegada global é de 2,7 hectares globais (1,5 planetas).

Leia mais sobre o estudo da WWF aqui (visitado em 04 de julho de 2019)

Cálculo da Pegada Ecológica: Aspectos Básicos

Desde 2003, a Global Footprint Network tem calculado as pegadas ecológicas de mais de 200 países e regiões. As Pegadas Ecológicas são calculadas pelas Contas Nacionais da Pegada Ecológica com base em dados das instituições das Nações Unidas, do Painel Intergovernamental sobre Alterações Climáticas (IPCC) e da Agência Internacional de Energia.

O método de cálculo da Pegada Ecológica está constantemente sendo desenvolvido. Baseia-se no fato de a área de terra produtiva da terra estar dividida em diferentes formas de terra:

– Área de cultivo (por exemplo, cultivo de cereais),

– Floresta,

– Pastagens,

– Água,

– terrenos construídos e

– a pegada de CO2 de uma pessoa/país que deve ser compensada.

Não é fácil comparar todas estas áreas entre si: Por exemplo, um hectare de um campo de cereais é mais “produtivo” do que um hectare de água do mar. Portanto, todas as áreas são convertidas nos chamados “hectares globais”: um hectare global (gha) representa uma certa produtividade. Por exemplo, um hectare de terra arável equivalia a 2,51 gha em 2010. Nesta base, a pegada ecológica pode ser calculada individualmente para todos os tipos de terrenos e resumida para obter a pegada total. A forma como a Pegada Ecológica é calculada pode ser encontrada na publicação “Working Guidebook to the National Foodprint Account” (versão 2019).

Calcular a Pegada Ecológica: Estas calculadoras estão disponíveis

Na Internet encontrará algumas calculadoras que estimam a sua pegada ecológica com base em perguntas simples. Perguntam-lhe sobre estas quatro áreas:

1. Nutrição

2. Habitação

3. Mobilidade

4. Consumo

Por exemplo, a sua pegada ecológica é particularmente grande se voar muito, comer muita carne e não utilizar electricidade verde.

A Iniciativa Verde oferece um computador em língua portuguesa. A iniciativa é uma organização brasileira do terceiro setor que visa contribuir para a melhoria dos serviços ambientais como a biodiversidade, a água e a qualidade do ar. Através de seus próprios projetos de reflorestamento e em parceria com outras instituições, contribui para a mitigação e adaptação às mudanças climáticas causadas pelas atividades humanas.

A Global Footprint Network não só calcula as pegadas ecológicas das nações, como também lhe fornece uma calculadora (em inglês e espanhol) para a sua própria pegada. Novamente, você só precisa fornecer informações gerais sobre o estilo de vida, mas você pode especificar algumas delas se quiser. A calculadora determina a sua pegada ecológica, a sua pegada de CO2 e o seu “Dia de Excesso de Terra” pessoal.

Calcular a Pegada Ecológica: Quão precisos são os resultados?

A sua Pegada Ecológica pode diferir em um gha, dependendo do seu computador – isso é muito comparado com o resultado geral. A principal razão para isso é que você faz afirmações relativamente gerais sobre seu estilo de vida e estas podem ser interpretadas diferentemente pelas diferentes calculadoras.

Um exemplo: Nenhuma das calculadoras lhe diz o tamanho de uma porção de carne para eles. Além disso, os métodos de cálculo são um pouco diferentes. E ainda: Se a sua pegada ecológica for significativamente maior do que a permitida, cada uma das calculadoras irá mostrar-lhe isto. Você também receberá dicas sobre como reduzir sua pegada.

Em princípio, é praticamente impossível calcular uma pegada ecológica exata. As várias influências no nosso habitat são demasiado complexas para isso. Por exemplo, os efeitos do declínio da diversidade de espécies não estão incluídos. O método das “Contas Nacionais de Pegada Ecológica” irá, portanto, sempre calcular uma pegada ecológica que é demasiado baixa.

No entanto, considero que os resultados das calculadoras são um bom ponto de partida para tomarmos consciência do nosso próprio modo de vida e do seu impacto no ambiente e no clima e para os compararmos com a pegada ecológica disponível por pessoa. Além disso, a calculadora pode lhe dar uma idéia das áreas em que você pode fazer a maior contribuição para a sustentabilidade ao mudar seu estilo de vida.


Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out /  Change )

Google photo

You are commenting using your Google account. Log Out /  Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out /  Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out /  Change )

Connecting to %s